Sonbahar

Sonbahar
Deixemos um rei sozinho, sem nenhuma satisfação dos sentidos, sem nenhuma preocupação do espírito, sem companhia, a pensar apenas em si mesmo; e ver-se-á que um rei pode ser um homem muito desgraçado. Blaise Pascal

Por questões relacionadas à saúde, um homem é libertado da cadeia após 10 anos de confinamento e volta à casa de sua mãe numa aldeia isolada do mundo.

É visitado apenas por um amigo de infância, com quem vai a um cabaret e conhece uma prostituta.

De acordo com a descrição oficial: Nem a época nem as circunstâncias são apropriadas para estas duas pessoas ficarem juntas. Por tudo isso, o amor se torna uma última e desesperada tentativa de entender a vida e fugir da solidão.

Com o título traduzido para o português como “Outono”, Sonbahar é um filme turco de 2008 que ilustra com maestria a busca pela calmaria em vidas marcadas por grandes traumas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>